Reunião do Clero aborda sobre a recepção da Cruz da juventude e acolhida de dois padres na Arquidiocese

Padre Lídio e Padre Jerônimo pediram ingresso no Clero metropolitano

Pe. Valmir Galdino organiza a recepção da Cruz peregrina da Jornada Mundial da Juventude

O Clero da Arquidiocese de Maceió se encontrou hoje durante a manhã, na Igreja N. Sra. Rosa Mística, em Mangabeiras, conforme rotina mensal de reunião. Dentre a pauta da programação destacam-se a recepção da Cruz da juventude e acolhida de dois padres no clero metropolitano.

Pe. Valmir Galdino é o responsável em organizar a acolhida da Cruz que tem peregrinado pelo Brasil em preparação da Jornada Mundial da Juventude do ano de 2013. “Chega dia 11 de janeiro de 2012 na Barra de São Miguel, às 10h e este momento será por conta da diocese de Penedo. A cruz vai então para a Paróquia São Pedro Pescador, no Francês, depois vai até a Paróquia São José, no Trapiche e então segue para a Catedral com Missa presidida pelo Arcebispo. Haverá procissão luminosa até a praça dos Martírios, com vigília, para que no outro dia vá até a cidade de Xexéu (PE)”, explicou o sacerdote.

Dom Antônio Muniz anunciou que Pe. Jerônimo, da Congregação da Missão, conhecida popularmente como “lazaristas”, teve sua acolhida no Clero de Maceió aprovada pelo Conselho Presbiteral, chegando em Janeiro para assumir os trabalhos. Já Padre Lídio, oriundo de Palmeira dos Índios, fez pedido para retornar a Alagoas e se encardinar no Clero metropolitano, com decisão ainda a ser analisada.

O Metropolita também anunciou a possibilidade da abertura de uma Comunidade dos Carmelitas Descalços. “Alguns irmãos vieram aqui e já visitamos o convento de São Francisco em Marechal Deodoro. Há uma remota, mas segura possibilidade desta ordem vir à Arquidiocese”, contou.

Uma jovem identificada apenas como Larissa explicou brevemente sobre a 1ª Conferência Estadual sobre transparência e controle social, convocada para o dia 30 de março de 2012, em Maceió, sob a presidência da Controladoria Geral do Estado (CGE). “Pedimos participação da sociedade. As pessoas não precisam estar vinculadas a alguma entidade. Queremos a ajuda dos senhores no estímulo dos fiéis a participarem desse evento realizado na Faculdade Raimundo Marinho”, solicitou.

O arcebispo também abordou sobre o dinheiro enviado a Somália, numa campanha por ele iniciada na Arquidiocese. “Lá não há diocese, somente um Administrador Apostólico que não reside no país, mas responde pela localidade. O Brasil é a única Conferência que está abrindo essa frente de ajuda à Somália.”, informou.

Ainda em sua fala, o epíscopo agradeceu a Deus pela recuperação do Pe. Manoel José, que se encontra no quarto 104 do Hospital do Coração e disse que o mesmo recebeu a unção dos enfermos no dia de ontem. Também falou que Pe. Luciano Soares está no Seminário, em período de quarentena, pois tem que sarar das perfurações da perna e também se recuperar para tentar salvar a visão do olho atingido.

Mons. José Augusto, vigário-geral da Arquidiocese, relatou sobre o retiro do clero em Fátima (Portugal). “Foi uma oportunidade muito boa nos reunirmos lá. Houve uma disposição muito agradável de convivência. Éramos um grupo de 19 pessoas, contando padres, diáconos e leigos. Algo muito positivo foi a proximidade do Santuário. O sacerdote pregador nos mostrou uma proposta muito interessante sobre as aparições de Fátima, demonstrando novidades para a Igreja na contemporaneidade”, contou.

Abordando sobre a Missa da Paz, Côn. Walfran Fonseca incentivou a participação de todos e explanou sobre a motivação da mesma: “o problema das drogas ainda não está resolvido; estamos com pontos difíceis neste combate e a questão está ligada diretamente à violência”.

Por fim, foram-se colocadas mais algumas questões sobre a XIII Assembléia da Arquidiocese, na Casa do Pobre, localizado no bairro do Vergel do Lago, que definirá novas ações pastorais para a nossa Arquidiocese.

 

Fonte: Arquidiocese de Maceió

Anúncios

Sobre Alex C. Vasconcelos

Casado, 32 anos, pai de uma princesa, Advogado, Acólito na Paróquia do Divino Espírito Santo em Maceió/AL.
Esse post foi publicado em Arquidiocese de Maceió, Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s