Deus tem um projeto para os seus amigos, afirma o Papa Bento XVI

Foto: Reuters - Papa Bento XVI: "O Senhor sempre está próximo e atuante na história da humanidade."

Deus tem um projeto para os seus amigos, mas, infelizmente, a resposta do homem é frequentemente orientada à infidelidade, que se traduz em desprezo. O orgulho e o egoísmo impedem de reconhecer e acolher até mesmo o dom mais precioso de Deus: o seu Filho unigênito”, ressaltou o Papa Bento XVI antes de recitar a tradicional oração mariana do Angellus neste domingo, 2.

O Pontífice fez a reflexão a partir da parábola dos vinhateiros infiéis, aos quais um homem confiou a própria vinha para que a cultivassem e produzissem frutos. “O proprietário da vinha representa Deus mesmo, enquanto a vinha simboliza o seu povo, bem como a vida que Ele nos doa para que, com a sua graça e o nosso compromisso, façamos o bem”, ensina.

Depois, quando envia seu próprio filho, os vinhateiros o prendem, conduzem-no para fora da vinha e o assassinam. “Deus entrega a si mesmo em nossas mãos, aceita fazer-se mistério insondável de fragilidade e manifesta a sua onipotência na fidelidade a um projeto de amor que, ao final, prevê, contudo, também a justa punição dos malvados”, indica.

“Firmemente ancorados na fé na pedra angular que é Cristo, permaneçamos n’Ele como o fruto que não pode dar fruto por si mesmo se não permanece na videira. Somente n’Ele, por Ele e com Ele edifica-se a Igreja, povo da Nova Aliança”.

Bento XVI também recordou que o Evangelho deste Domingo (Mt 21, 33-43) termina com uma advertência de Jesus, particularmente severa, destinada aos chefes dos sacerdotes e aos anciãos do povo: “Ser-vos-á tirado o Reino de Deus, e será dado a um povo que produzirá os frutos dele” (Mt 21,43).

“São palavras que fazem pensar sobre a grande responsabilidade de quem, em cada época, é chamado a trabalhar na vinha do Senhor, especialmente com papel de autoridade, e impulsionado a renovar a plena fidelidade a Cristo”, afirmou.

Por fim, o Bispo de Roma lembrou que o Senhor sempre está próximo e atuante na história da humanidade, e nos acompanha também com a singular presença dos seus Anjos. “Desde o início até a hora da morte, a vida humana é circundada pela sua incessante proteção. E os Anjos fazem coroa à Augusta Rainha das Vitórias, a Beata Virgem Maria do Rosário, que no primeiro domingo de outubro, exatamente nesta hora, do Santuário de Pompeia e pelo mundo todo, acolhe a fervorosa Súplica, a fim de que seja derrotado o mal e revele-se, em plenitude, a bondade de Deus”.

O encontro

O encontro do Santo Padre com cerca de 20 mil fiéis reunidos na Praça de São Pedro aconteceu às 12h (horário de Roma – 7h no horário de Brasília). O Papa retornou sábado (01/10) para o Vaticano, após os cerca de três meses que passou em repouso na Residência Pontifícia de Castel Gandolfo.

Acesse aqui, na íntegra, o Angellus de Bento XVI.

Fonte: Canção Nova

Anúncios

Sobre Alex C. Vasconcelos

Casado, 32 anos, pai de uma princesa, Advogado, Acólito na Paróquia do Divino Espírito Santo em Maceió/AL.
Esse post foi publicado em Notícias, Papa Bento XVI. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s