Oitavo Dia da Novena ao Preciosíssimo Sangue de Jesus

Tema: Sangue de Cristo, derramado na Cruz.

Oração Inicial para todos os dias da Novena:

Pai de misericórdia vos suplicamos pelo Sangue derramado por vosso Filho, que perdoeis os nossos pecados e nos concedeis, se for de vossa vontade a graça que necessitamos (pede-se a graça que deseja receber).

Senhor Jesus Cristo que descestes de junto do pai à terra, e derramastes vosso sangue precioso em remissão dos nossos pecados, humildemente vos suplicamos que no dia do juízo mereçamos à vossa direita ouvir: “vinde benditos de meu Pai”. Vós que viveis e reinais para sempre. Amém

Rezar o Pai Nosso / Ave Maria / Glória ao Pai.

Leitura Bíblica: Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, como também os ladrões, um à direita e outro à esquerda. E Jesus dizia: “Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem. Eles dividiram as suas vestes e as sortearam”. (cf. Lucas 23,33-34).

Leitura Espiritual: Os que derramaram o sangue de Cristo não o fizeram com a intenção de tirar os pecados do mundo. No que lhes concerne, eles causaram mais sua perda que nossa salvação, mas sua condenação que nossa salvação. Contudo, inconscientemente eles prestaram serviço ao plano divino da salvação. A salvação do mundo, que se seguiu, veio do poder, da vontade, da intenção, do ato de Deu. Na efusão do sangue de Cristo, com efeito, não estava em ação apenas o ódio dos perseguidores, mas também o amor do salvador. O ódio realizou a obra do ódio; o amor, sua obra de amor. Não foi o ódio, mas o amor que realizou a obra da salvação. O ódio, no entanto, derramou o sangue de Cristo e derramou-se a si próprio para que o homem soubesse quanto Deus o amava, ele que não poupou seu próprio Filho (Rm 8,32). De fato, Deus amou o mundo a tal ponto que deu o seu Filho único. Esse Filho único foi oferecido porque ele mesmo quis (Isaías 53,7) e, tendo amado os seus, amou-os até o fim (Jo 13,1). (Balduíno de Cantuária, Tratado sobre o Sacramento do Altar, II, 1; Lecionário Monástico II, Edições Lúmen Christi, Rio de Janeiro, 1999, p.588).

Oração Final para todos os dias da novena:

O Sangue do Cordeiro servirá de sinal para vós, diz o Senhor. Ao ver o sangue, passarei adiante e não vos atingirá a praga exterminadora.

Portanto, vos pedimos: salvai os vossos servos, que vós, Senhor, remistes com Sangue precioso.

Oração: Lembrai-vos, Senhor Deus, de vossa aliança, consagração pelo Sangue do Cordeiro imaculado, para que o vosso povo obtenha o perdão dos pecados e avance continuamente no caminho da salvação. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.

Cantemos essa canção da comunidade Recado e clamemos o sangue de Jesus aos pés da Cruz:

Ponho-me aos pés da Tua cruz, desejo ser lavado com Teu sangue.
E ver sair das Tuas chagas sangue redentor, tocar as minhas dores e curar-me.

Teu Sangue cura Senhor, Teu sangue cura com amor, Teu Sangue tem poder para curar-me. (bis)

Sobre Alex C. Vasconcelos

Casado, 32 anos, pai de uma princesa, Advogado, Acólito na Paróquia do Divino Espírito Santo em Maceió/AL.
Esse post foi publicado em Devoção. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s