Consagre seu casamento à Nossa Senhora

Consagre-se a Nossa Senhora. Hoje, consagra-se é justamente colocar-se ao lado dela e entregar-se a ela. Ser como uma criança que se confia ao coração dela, que se joga em seus braços, que se põe debaixo de seu manto. Como uma criança assustada, como um menino necessitado que vem correndo para a mãe, que se atira no colo, que se joga no coração dela, que se põe debaixo do manto. Uma criança guardada, protegida. Que vence sob o manto dela. Tenha a certeza de que vencerá! Eu aprendi, graças a Deus, ainda muito cedo: realmente ela é a Auxiliadora dos Cristãos. A vitoriosa das batalhas de Deus. Na sua luta pessoal contra o pecado, na sua luta para ser cidadão do céu, para imunizar-se de todo pecado, você precisa dela como a sua mãe, sua protetora, sua advogada.

Consagre-se a ela! Hoje, somos convidados para rezar o Santo Rosário! E, antes de se deitar, como última homenagem a ela, ali ao pé da cama, reze três Ave-marias. Você pode fazer esta experiência a partir de hoje. Mesmo se você chegar de madrugada em casa, antes de se deitar, faça isso! Ali, ao pé da cama, reze as três Ave-marias, renovando a sua consagração.

Você vai ver – como eu vi, na minha vida de menino –, a vitória de Maria. Você experimentará a vitória de Deus, a vitória que Maria vai lhe dar, porque Deus a escolheu para estar à frente do exército daqueles que querem vencer.

Se você quer vencer, não vá sem defesas para a luta, porque será derrotado! A nossa luta não é contra homens de carne e sangue, mas sim contra aquele sobre o qual o Apocalipse diz: “sabendo que pouco tempo lhe resta, veio sobre nós, sobre você, sobre a nossa geração, com grande furor e ira”.

Deus já estabeleceu aquela que nos dará a vitória. Não cometa a insensatez de querer vencer sozinho. Você será derrotado. Pelo contrário, consagre-se a Santíssima Virgem, jogue-se nos braços dela, ponha-se no coração dela, esconda-se debaixo do seu manto. Ela lhe dará a vitória.

Além das lutas pessoais, você enfrenta problemas em sua família? O problema é no seu casamento? Consagre-se a ela! Totus tuus, consagre-se a ela, mesmo que a pessoa com quem você se casou nem queira saber disso. Consagre-se a Nossa Senhora. Ela será a vitoriosa no seu casamento.

Devo dizer que a guerra no casamento tem sido cada vez mais terrível! Não é possível vencer se não se colocar ao lado dela, sob o seu manto de mãe. Consagre o seu casamento a Nossa Senhora. Talvez como você nunca tenha feito! Consagre o seu casamento para que ela seja a vitoriosa.

Talvez o problema seja com os seus filhos. Você os está perdendo e não sabe o que fazer. Humanamente, não há o que fazer. É a mesma receita. Consagre-se a Nossa Senhora! Depois, consagre cada um desses filhos a ela. Reza por eles. Pegue o seu terço, comece a rezar e progrida até que consiga rezar o Rosário pelos seus filhos.

Mãe, a receita é esta: dobre os joelhos! Não tenha medo de criar calos neles. É muito mais belo ver os filhos salvos do que ter joelhos bonitos. Você pode ter joelhos bonitos, mas filhos se perdendo. Dobre os joelhos! Porque a única coisa que o demônio não faz é dobrá-los [joelhos].

Quando você dobra os joelhos, está reconhecendo, diante de Deus, a sua incapacidade, a sua impotência. Você demonstra que, sozinho, não é nada. Se nessa luta para salvar os seus filhos, sua família, seu casamento, seu namoro você sente a sua incapacidade, sua total impotência, reze o terço. Sim, porque o demônio tem ódio do santo terço e é obrigado a bater em retirada.

Aos homens também declaro que, nesta luta, para salvar os seus filhos, a sua família, é preciso dobrar os joelhos, porque o demônio nunca faz isso. Quando dobramos os joelhos, estamos confessando diante de Deus a nossa incapacidade. Ao mesmo tempo, estamos proclamando o poder, a onipotência que Ele tem, porque para Ele nada é impossível.

Estamos declarando, ao mesmo tempo, a onipotência suplicante da Virgem Maria, a quem somos consagrados. Digo-lhe mais: a grande vitória nas suas lutas pessoais, nas lutas pela sua família, pela salvação do seu casamento, pela salvação de seus filhos, a sua vitória se dará com aquela a quem aprendemos a saudar desde criança.

(Trecho extraído do livro “Maria, a mulher do Gênesis ao Apocalipse” de Monsenhor Jonas Abib)

Sobre Alex C. Vasconcelos

Casado, 32 anos, pai de uma princesa, Advogado, Acólito na Paróquia do Divino Espírito Santo em Maceió/AL.
Esse post foi publicado em Formação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s